E se seu filho cospe o remédio? #comofaz

20130301-224511.jpg

Linda, toda lambuzadinha de leite, certo? Nada disso. Esse belíssimo exemplar de bebê cospe todo e qualquer medicamento que se dê. Ela é amiga do espaçador laranja, somente; tranca a boca para todos os demais artefatos (copinho, seringa, bico da mamadeira, colher e meu dedo).

Com muito esforço se consegue lançar a medicação por dentro de sua bochecha. Feito isso, inclinamos a cabeça da inocente para traz, até ter certeza de que ela engoliu a dose. A mãe, crédula, após vários segundos põe a criança em liberdade e, em seguida, vem a cusparada. É muito engraçado, gente! Só que não.

Detalhe: os meninos nunca fizeram isso. Mais detalhe: Mateus já tomou vacina injetável sem chorar (eu que chorei, ao presenciar a bravura do rapazinho que na época tinha 4 anos).

Mas não estou aqui só para desabafar, né? Encontrei na edição do mês passado da Pais & Filhos umas dicas sobre o assunto. Vai que ajuda! Como não encontrei a versão online, vou transcrever a matéria.

20130301-224609.jpg

Comente, compartilhe! :)